Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘filmes de terror’

Eu e o medo

“No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor.” 1 João 4:18

Neste post, falarei sobre esse mal que assola boa parte da humanidade contemporânea que, embora, forte e destemida, sofre, chora e clama por libertação: O medo.

O que desencadeia o medo?Vários são os motivos:

  •  Tormentos na infância (pais que assustam seus filhos com histórias de terror, amigos que transmitem fábulas, filmes de terror), neste caso, a criança absorve o que ouve e o espírito de medo a acompanha por toda a sua vida adulta, desencadeando doenças, tais como: síndrome do pânico, câncer, doenças do sistema nervoso etc…
  •  Um trauma (acidente, morte de um ente querido, assalto, etc..) a pessoa desenvolve um medo constante de sair de casa, entrando num estado de depressão e isolamento.
  • Baixa autoestima, falta de confiança em si mesmo,  podem ser desencadeadores do medo. Medo de se relacionar, insegurança no convívio com outras pessoas.

São Sintomas do medo:

  • Vertigem, taquicardia,  sudorese, sensação de impotência, certeza de que a morte se aproxima, desespero.
  • Arrepios e calores seguidos de ansiedade.
  • Falta de ar e apertos na garganta e no peito.
  • Falta de conexão com o que se passa à sua volta.
  • Preocupações obsessivas e pensamentos indesejados.
  • Batimento cardíaco muito rápido e formigamento no corpo.

Algumas situações que podem acontecer por causa do medo:

  • Ir parar no pronto-socorro ou no hospital porque pensa que estavá tendo um ataque cardíaco, mas afinal era ansiedade.
  • Medo de parar de respirar porque têm um aperto no peito e a respiração irregular.
  • Desconforto em lugares fechados como shoppings, supermercados, cinemas, transportes públicos.
  • Nervosismo e ansiedade em situações que antes eram normais.
  • Medo de dormir e não acordar(insônia).

Mas como enfrentá-lo?

Algumas situações podem ser resolvidas com terapias e remédios, mas e quando você nota que o problema é persistente e vai além dos traumas?

Em alguns momentos é visível que um espírito maligno, aproveitando de uma situação, entrou pela porta que foi aberta e fez morada na mente da pessoa causando um grande estrago na sua vida espiritual e aprisionando essa vida por longos anos.

Tenho me deparado com perguntas do tipo:

  • Se o Espírito Santo é nosso companheiro e ajudador, porque Ele simplesmente não expulsa o medo e deixa a pessoa livre?
  • Se os anjos do Senhor acampam-se ao redor daqueles que o temem e os livra, porque eles não livram a pessoa do medo?
  • Se Jesus é meu intercessor junto ao Pai, porque Ele não intercede a meu favor para que eu fique livre desse medo?

Essas perguntas martelam na mente daqueles que estão aprisionados pelo medo. O sentimento de impotência cresce a cada dia, assim como o sentimento de solidão, pois ao fazer esses questionamentos o espírito maligno leva a pessoa a acreditar que se os aliados que Deus colocou ao seu lado não podem ajuda-lo, ninguém pode.

Porém, eis que o Senhor nos traz a resposta. Mas… ops, ela é simples, mas nem tão mais fácil de realizar. Vamos a ela…

A primeira coisa que a pessoa que sofre com o medo, deve fazer é Orar, pois a partir daí ela vai descobrir que tudo o mais ela já tem!

E o que ela tem?

Autoridade:

“E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes virtude e poder [poder e autoridade] sobre todos os demônios, para curarem enfermidades. E enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos… E, saindo eles, percorreram todas as aldeias, anunciando o evangelho, e fazendo curas por toda a parte.” (Lucas 9:1-2,6)

“E para que tivessem o poder de curar as enfermidades e expulsar os demônios” (Marcos 3:15)

Poder:

“Porque o reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder.” (I Coríntios 4:20)

“Deus falou uma vez; duas vezes ouvi isto: que o poder pertence a Deus.” (Salmos 62:11)

“E qual a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder.” (Efésios 1:19)

  •  Veja, quem deixou a porta aberta para ação de satanás,  foi a própria pessoa ! Então, como o espírito Santo poderia impedir sua entrada, visto que a pessoa é responsável por sua vida e a entrada de quem quer que seja é de responsabilidade única da própria pessoa?
  •  A partir do momento que a pessoa começa a exercer autoridade sobre sua própria vida expulsando quem nela habita, os anjos do senhor entram em guerra a favor dela. Ao começar o processo de “limpeza”, inicia-se uma guerra, e é exatamente aí que o Senhor dá ordem aos seus anjos a favor da pessoa. Como é de esperar, o espírito do medo irá insistir e tentará fazer a pessoa desanimar, mas quanto mais ela for firme e mantiver autoridade baseada na Palavra de Deus, ele saíra, pois: “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Tiago 4:7
  •  Jesus intercede por nós a partir do momento que solicitamos Sua ajuda! O nosso Jesus é Senhor cavalheiro e educado, não se intromete onde não é chamado. Se a pessoa (verdadeiramente) entregar seu problema a Ele, com certeza, Ele é fiel e justo para nos ajudar. O problema é que algumas pessoas dizem que entregam a dificuldade para Jesus, mas querem que seja resolvido no tempo e ao modo delas.

Assim, a vitória é  certa, desde que a pessoa se disponha a entrar na guerra, com o batalhão do céu a seu favor, com fé e que entre para vencer!

Se você sofre com o medo, exerça sua fé e vença!

(Por Rosimeire Leite)

Read Full Post »

Teologando

reflexões sobre a teologia cristã

Design

Just another WordPress.com weblog

Vida com Deus

Uma maneira simples e prazerosa de garantir o seu bom dia!

justicaparaonovomilenio

Just another WordPress.com site